Archive for junho \30\UTC 2011

É hora de comemorar e de DOAR SANGUE!

junho 30, 2011

Após a maravilhosa aprovação da lei que viabiliza a União Homoafetiva, o Brasil dá mais um passo à frente, pois todos agora terão o direito e a alegria de SALVAR VIDAS!

Agora é lei e todo mundo pode DOAR SANGUE. A sua Orientação Sexual não é mais empecilho. Confira a Portaria que nos permite esse direito: http://migre.me/54qTA.

Comemore essa mais nova conquista!
Mobilize todos os seus amigos, parentes e colegas.
Vamos todos, no dia 07 de Julho, mostrar para a sociedade quanto sangue eles perderam durante todo esse tempo, por ter nos proibido de fazer esse gesto tão nobre.

Apoie esse movimento, divulgue no seu Site, Blog, Twitter, Facebook
TWEET, CURTA, COMPARTILHE, DOE!

Agora é a NOSSA VEZ de SALVAR VIDAS.
Dia 07 de Julho, DOE SANGUE!
 #EuVouDOAR_________________________________________________________

“A Portaria 1.353 determina, ainda, que a orientação sexual (heterossexualidade, bissexualidade, homossexualidade) não deve ser usada como critério para a seleção de doadores de sangue, por não constituir risco em si própria. Ou seja, não deverá haver, no processo de triagem e coleta de sangue, manifestação de preconceito e discriminação por orientação sexual e identidade de gênero, hábitos de vida, atividade profissional, condição socioeconômica, raça, cor e etnia.”

Com a sua ajuda mais vidas serão salvas!
Use as imagens abaixo, no seu perfil do Twitter, do Facebook, no seu Site ou Blog, no Papel Parede do seu Computador, imprima cole no Caderno, na Mochila, nos Postes, no meio da rua…
VAMOS AGIR! Sua ajuda é fundamental!

• Avatar pro Twitter:

       

• Avatar pro Facebook:

• Banners pro Site/Blog:

• Imagem pro Álbum:

• Papel Parede:

Agora é com você! E não se esqueça da HashTag: #EuVouDOAR! 😉

Dia 17.06 – Maratona de Aniversário

junho 10, 2011

Está chegando a hora de soprar as velihas com vocês, caros cineclubistas. É o terceiro aniversário do CineclubeLGBT, comemorado em uma incrível edição que rola madrugada afora!

Sempre no Cine Odeon, dessa vez a Maratona de Aniversário não será na última sexta-feira do mês. Ela ocorre no dia 17 de junho, com início às 23h, e traz produções em diferentes formatos e para todos os gostos, tudo embalado por festinha e muita azaração.

A edição de 3 anos do CineclubeLGBT conta com a pré-estreia do aguardadíssimoElvis e Madona, protagonizado por Simone Spoladore e Igor Cotrim. Primeiro longa de Marcelo Laffitte, o filme narra a improvável história de amor entre a travesti Madona e a lésbica Elvis.

Em parceria com o Diversidade em Animação, a Maratona traz a sessão Animações para Maiores, com curtas animados de temáticas gays. Dentre os quais, estão os encontros e desencontros entre dois espermatozóides gays no divertido Au Commencement (No Começo), e o biográfico Não Pise a Grama, sobre J.C. que passou 11 anos viciado em sexo no Aterro do Flamengo.

Na sessão de encerramento, teremos o poético e subversivo A Lei do Desejo, do mestre espanhol Pedro Almodóvar. A exibição especial é em parceria com El deseo – O apaixonante cinema de Pedro Almodóvar, que acontece na Caixa Cultural até 19 de junho. O longa, com Antonio Banderas e Carmen Maura, retrata um triângulo de paixões marcado pela tragédia.

E a madrugada não fica só nisso. Rose Bombom abre o aniversário com tiradas hilárias e sorteios de brindes. O irresistível som pop do VJ Great Guy anima a festa que rola entre as exibições. E, para fechar, o necessário café-da-manhã.

Fiquem atentos: pelo Twitter @CineclubeLGBT e pelo Facebook, sorteios de ingressos e da camisa oficial do CineclubeLGBT.

Sinopses 

PRÉ-ESTRÉIA

 

Elvis e Madona, de Marcelo Laffitte

Brasil, digital, cor, 2010, 105 min.
Elenco: Simone Spoladore, Ígor Cotrim, Sérgio Bezerra, Maitê Proença, Buza Ferraz, José Wilker

Elvis, ou melhor, Elvira (Simone Spoladore), é uma fotógrafa que conhece Madona (Igor Cotrim), uma travesti. Elas se apaixonam e uma série de questões surgem para serem resolvidas.

Animações Para Maiores

Pleine Lune Chez Les Geishattes, de Lyonel Kouro

França, digital, cor, 2min

Em um jardim japonês, as nuvens se rasgam para revelar o suave clarão da lua, que produz efeitos afrodisíacos em quatro gueixas.

O Meu Primeiro Grande Amorde Alan Nóbrega

Brasil, digital, cor, 1min 25seg.

Um homem descobre que o amor pode surgir em locais e momentos inesperados. Quanto maior for a “surpresa”, maior será o amor.

Não Pise a Gramade Orlando Avila Jr

Brasil, digital, cor, 2010, 17min. 

História real de J.C. que se viciou em sexo no Aterro do Flamengo por 11 anos.

 

Le Sexoflex – Twincestde Daniel Garcia

EUA, digital, cor, 2010, 3min 14seg

 Um conto de amor entre gêmeos, a luxúria, e as questões familiares.

Au Commencement (No Começo),  de Laurent Leprince

Bélgica, digital, cor, 2011, 5min 55seg.

Dois espermatozóides gays nunca foram feitos para fecundar um óvulo. Mas e se a vida decidisse o contrário?

Je te Pardone, de Pierre Mousquet e Jerome Cauwe

Bélgica, digital, cor, 2009, 4min 53seg.

Dois amáveis lutadores tem uma discussão, lutam e se perdoam.

Lonely 15de Frank Mosvold e Tom Petter Hansen 

Noruega, digital, cor, 2004, 3min. 

Peter saiu do armário. Ele tem apenas 15 anos de idade, está muito solitário e acredita desesperadamente que o tamanho do pênis não importa quando se trata de amor.

Motel (Motel)de Andrew Klaus

EUA, digital, cor, 2010, 3min 16seg.

Motel é uma lembrança surrealista de um antigo amor. Esse passado não é sobre fazer sexo, mas sim sobre o empoderamento, do não se esconder, descobrindo o corpo e a alma para revelar as verdades universais dos seres humanos.

Rain (Chuva), de Jean-Gabriel Périot

França, digital, cor, 2004, 2min.

Um balé aquático experimental. Mas, como ter a certeza que a água é só água?

Incubus (Íncubo), de Sheridan James Lunt.

Reino Unido, digital, cor, 2010, 2min.

Um garoto solitário é visitado em sonhos por um amante demoníaco.

The Secrets Loves of Jesse James, de Eduardo Mattos e Daniel Ribeiro

EUA, digital, cor, 4min 40seg

Análise do discurso do velho oeste, codificado com pedaços de fotografias homoeróticas, equilibradas, em ponta de navalha, entre masculinidade e violência

 

SESSÃO DE ENCERRAMENTO

 

A Lei do Desejo (La Ley Del Deseo), de Pedro Almodóvar

Espanha, cor, 35mm, 1986, 102 min.
Elenco: Eusebio Poncela, Carmen Maura, Antonio Banderas, Miguel Molina.

Um intenso triângulo de paixões envolvendo um cineasta gay, sua irmã transexual e um jovem indeciso quanto à sua sexualidade.

Preço: R$ 24,00 (inteira) e R$ 12,00 (meia)
Ingressos Antecipados: a partir de quarta-feira, 15.06, às 15h
Local: Cinema Odeon Petrobras
Dia: 17.06 Horário: 23h
End.: Cinelândia – Rio de Janeiro Tel: 21.2240.1093

E-mail: cineclubelgbt@gmail.com
Twitter: http://www.twitter.com/cineclubelgbt
Lista Amiga: http://listaamiga.com/cineclubelgbt