Archive for the ‘Filmes Gays’ Category

Festival do Rio traz filmes gays

setembro 22, 2010

O Festival do Rio começa amanhã e em sua vasta programação traz a mostra especial Mundo Gay, com longas de diversos lugares do mundo que tocam na questão LGBT. Muitos dos filmes selecionados provavelmente não entrarão no circuito comercial brasileiro, podendo ser a única chance para os cariocas verem estes filmes.

Cena de Plano B, de Marco Berger

Entre os selecionados está o primeiro longa de Marco Berger, “Plano B”, diretor dos curtas “O Último Desejo” e “Relógio” que foram exibidos no CineclubeLGBT.
Abaixo você confere a programação da mostra:

Festival do Rio – Mundo Gay

O AMOR, E BASTA
(L’Amore e Basta)
de Stefano Consiglio, Itália, 2009, 75min.

Gino e Massimo estão juntos há três décadas e são sócios numa loja de artigos de couro em Palermo. Em Paris, Catherine e Christine já passaram dos 60 anos e vivem há mais de vinte como companheiras. Já o casal Maria e Marisol vive próximo a Barcelona com seu menino de oito anos e suas gêmeas de seis. Estes são apenas três dos nove casais europeus do mesmo sexo retratados pelo filme. Em comum entre eles está o fato de possuírem relacionamentos bem sucedidos, nos quais o amor que um nutre pelo outro é seu sustentáculo e fonte de felicidade. Festival de Veneza 2009.

SAB (2/10) 22:00 Estação Ipanema 2
SEG (4/10) 12:30 Espaço de Cinema 1
SEG (4/10) 23:45 Espaço de Cinema 1
QUA (6/10) 15:10 Est Barra Point 2
QUI (7/10) 18:30 Est Vivo Gávea 1

ANFETAMINA
(Amphetamine)
de Scud, Hong Kong / China, 2010, 97min.

Kafka, professor de Educação Física, mantém outros empregos paralelos para sustentar a mãe doente. Na noite em que rompe o namoro com May, conhece Daniel, jovem homem de negócios. Daniel, que acabou de se mudar da Austrália para Hong Kong por conta da crise financeira de 2008, seduz Kafka. Solitário e carente, o rapaz cede aos seus encantos. Ambos se convencem de que o amor é capaz de suplantar tudo que os separa, como as preferências sexuais e o vício de Kafka em drogas. Mas memórias traumáticas do passado de Kafka acabam pesando contra a relação. Festival de
Berlim 2010.

QUI (30/9) 15:30 Estação Ipanema 2
QUI (30/9) 19:50 Estação Ipanema 2
SEX (1/10) 23:45 Espaço de Cinema 1
DOM (3/10) 17:30 Est Vivo Gávea 5

BEARCITY
(BearCity)
de Douglas Langway, Estados Unidos, 2010, 104min.

Tyler Hall, jovem rapaz gay, batalha para ser ator em Nova York. Sua atração secreta por “ursos” o faz se aproximar de Fred, simpático cameraman que conhece durante um teste. Ele o apresenta então para toda a comunidade: seu “maridurso” Brent; Michael e seu namorado Carlos, louco por gordinhos, e o promíscuo Roger. Tyler se apaixona por Roger, enquanto os casais de amigos atravessam um período de crises. Fred e Brent querem tentar uma relação aberta e Michael decide fazer uma cirurgia de estômago contra a vontade de Carlos. Enquanto isso, a grande festa anual dos ursos se aproxima.

SAB (2/10) 12:00 Espaço de Cinema 1
SAB (2/10) 23:45 Espaço de Cinema 1
DOM (3/10) 17:40 Estação Ipanema 2
SEG (4/10) 22:00 Estação Ipanema 2

A BOCA DO LOBO
(La bocca del lupo)
de Pietro Marcello, Itália, 2009., 76min.

A história de amor entre Enzo e Mary teve seu início na prisão, e hoje os dois sonham em passar o resto da vidas juntos. Finalmente libertado, Enzo dirige-se ao apartamento de Mary na região portuária de Gênova, onde ela o aguarda. Ambos sonham em levar uma vida bucólica, longe da correria urbana, num tempo de eterna felicidade. Compartilham o anseio por este futuro com a melancolia dos companheiros de outrora e os labirintos da velha cidade. As cenas do casal se alternam com imagens do passado da cidade, provenientes de arquivos privados e públicos. Prêmio Teddy do Festival de Berlim 2010.

SEX (24/9) 12:30 Espaço de Cinema 1
SEX (24/9) 24:00 Espaço de Cinema 1
SAB (25/9) 14:00 Cine Glória
SAB (25/9) 18:00 Cine Glória
DOM (26/9) 22:00 Estação Ipanema 2

CASA DE FERREIRO, ESPETO DE PAU
(108 Cuchillo de Palo)
de Renate Costa, Espanha, 2010, 93min.

No Paraguai dos anos 70, sob a ditadura de Stroessner, a perseguição aos homossexuais foi violenta. Incluídos na lista “”108””, número que viraria um estigma, eles eram presos e torturados. Entre eles estava Rodolfo, tio da realizadora, que, diferentemente de todos os seus irmãos, não desejava seguir a carreira de ferreiro do pai, mas tornar-se dançarino. Sua figura vibrante e animada sempre a atraiu, a despeito das ordens familiares de que não fosse à casa dele. Após ser libertado pelos militares, porém, Rodolfo passou a viver recluso e morreu tempos depois “de tristeza”.

SEX (24/9) 14:00 Cine Glória
SEX (24/9) 18:10 Cine Glória
SAB (25/9) 12:30 Espaço de Cinema 1
SAB (25/9) 23:45 Espaço de Cinema 1
SEG (27/9) 22:00 Estação Ipanema 2

O FIO
(Le Fil )
de Mehdi Ben Attia, França / Bélgica / Tunísia, 2010, 90min.

Malik, arquiteto tunisiano, é gay e vive na França. Aos trinta anos, retorna à Tunísia para morar com a mãe após a morte do pai. Lá, sofre com a necessidade de revelar sua homossexualidade e volta a ter crises de ansiedade. Em seus ataques de pânico, ele fica preso por uma corda invisível ligada a seu corpo. Mas seu envolvimento com o sensual caseiro da família, Bilal, e a notícia de que sua melhor amiga quer ter um filho com a namorada parecem ser um bom auspício. Na companhia de Bilal e de sua mãe, Malik sente que a felicidade tão almejada por todos pode ser enfim alcançada.

SEX (1/10) 22:00 Estação Ipanema 2
SAB (2/10) 17:40 Est Vivo Gávea 4
DOM (3/10) 12:30 Espaço de Cinema 1
DOM (3/10) 23:45 Espaço de Cinema 1
SEG (4/10) 13:00 Est Barra Point 2

PLANO B
(Plan B)
de Marco Berger, Argentina, 2009, 103min.

Bruno acaba de ser largado pela namorada Laura. Ela é uma moça moderna e continua saindo com ele de vez em quando, mas já arranjou outro namorado, o charmoso Pablo. Bruno planeja então uma pequena vingança: se aproxima do rapaz e faz amizade com ele, para quem sabe apresentá-lo a outra garota. Mas as coisas não saem exatamente conforme o esperado e, ao longo do processo, surge um plano B, talvez mais efetivo que o anterior. Subitamente, Bruno se vê questionando sua própria sexualidade. BAFICI 2009.

SAB (25/9) 22:00 Estação Ipanema 2
DOM (26/9) 14:00 Cine Glória
DOM (26/9) 18:00 Cine Glória
SEG (27/9) 12:00 Espaço de Cinema 1
SEG (27/9) 24:00 Espaço de Cinema 1

O ANIVERSÁRIO DE DAVID
(Il Compleanno)
de Marco Filiberti. Itália, 2010. 106min.

Um grupo de amigos aluga uma bela casa de praia para passar o verão. Matteo, psicanalista bem-sucedido, tem 40 anos e é casado com Francesca, com quem tem uma relação sólida e uma adorável filha de cinco anos. Diego, por sua vez, tornou-se advogado a contragosto e teve a juventude tumultuada por uma paternidade precoce. Seu filho, David, que cresceu nos EUA ao lado da mãe americana, vem ficar um tempo com o pai, após cinco anos sem pisar na Itália. Sua chegada provoca em Matteo sentimentos inesperados, abalando o equilíbrio e instaurando um mal estar na casa. Festival de Veneza 2009.

SEX (24/9) 22:00 Estação Ipanema 2
SAB (25/9) 15:10 Est Barra Point 1
DOM (26/9) 12:30 Espaço de Cinema 1
DOM (26/9) 23:45 Espaço de Cinema 1
TER (28/9) 17:40 Est Vivo Gávea 4

DIGA NÃO A HOMOFOBIA! E concorra a um BOX ESPECIAL DE GLEE, ou um BOX de TRUEEBLOOD, ou ainda um DVD da BEYONCÉ!

julho 2, 2010

Veja o Regulamento da Promoção.

A Maratona de Aniversário foi BOMBÁSTIKA!

junho 30, 2010

Pena que as 7 horas de muitos filmes, risadas e músicas passaram bem rápidas. Ficam agora as boas lembranças. O CineclubeLGBT agradece a todos pela presença. Selecionamos alguns momentos para ilustrar o que de bom passou pelo Odeon último dia 25.

Veja mais fotos no flickr do CineclubeLGBT.

Até a próxima!

Maratona de Aniversário do CineclubeLGBT

junho 19, 2010

CineclubeLGBT completa dois anos no mês de junho. Para comemorar, a próxima edição retorna com a tão esperada Maratona. No dia 25, a noite será longa no Cine Odeon e, a partir das 23h, o cineclube traz uma programação com show, curtas e longa para ninguém botar defeito. E é claro a festa é comandada pelo Dj Great Guy com o melhor do pop mundial.

A sessão começa com o irresistível show de Suzy Brasil, de volta aos palcos do Odeon, que garante a diversão de todos com suas impagáveis histórias. Em seguida, a seleção de curtas não fica atrás. O curta “Bailão”, de Marcelo Caetano, coloca a memória no centro do filme, assim como “Esse Momento” de Vitor Leite. Outros três curtas completam a lista: O Olho Mágico, Menino Japonês e Cinco Naipes.

O evento dá seguimento com a pré-estréia do Longa “Aquarela – As Cores de uma Paixão”, de David Oliveras. O filme conta a história de Danny. Na história, ele relembra seu primeiro grande amor, um atleta problemático que o inspirou. No final será servido um café da manhã.

Pelo Twitter, @CineclubeLGBT, além de serem feitos sorteios de ingressos, os nossos seguidores são convidados a darem dicas de músicas para tocar na festa e também de filmes que gostariam de ver nas telonas.

Programação:
11h – Show com Suzy Brasil
00h – Sessão de curtas
01h30 – Festa
04h – Pré-estreia de Aquarela – As Cores de uma Paixão
06h – Café da manhã

Preço: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)
Ingressos Antecipados: a partir de quarta-feira, 23.06, às 15h
Local: Cinema Odeon Petrobras – Dia: 25.06 – Horário: 23h
End.: Cinelândia – Rio de Janeiro – Tel: 21 2240.1093

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Programa Maratona Dois Anos do CineclubeLGBT

Bailão, de Marcelo Caetano (15 min)

A memória de uma geração visitada por seus personagens. O cenário é o centro de uma grande cidade; o enredo a urgência da vida. E o Bailão o ponto de convergência dessas histórias.

O Olho Mágico, de Wagner Molina e Pedro Abrantes (3 min)

Um homem dorme tranqüilo em sua cama, quando, no inicio da madrugada, seu sono é interrompido pelo barulho do apartamento ao lado. Inconformado, ele passa a acompanhar pelo olho mágico a rotina de seu vizinho. Como perdeu o sono, decide trabalhar em mais um dos contos policiais que escreve para uma editora decadente. Mas ele vai ficando cada vez mais incomodado com a situação, e começa a  transferir para sua literatura barata a revolta que sente e que vai crescendo a cada instante, a cada movimento que percebe, a cada som que escuta. Alimentada pela sua imaginação, a progressão de sentimentos culmina numa inevitável explosão. Essa história, que aborda o homem e seu duplo, o conflito entre a razão e o instinto animal, tem um final surpreendente, em que um escritor atormentado vê serem ultrapassados todos os seus limites.

Esse Momento, de Vitor Leite (13 min)

O filme se passa durante uma tarde em Botafogo. Manuela (Luisa Carvalho) está caminhando até um sebo enquanto Bebel (Sophia Reis) está saindo de um curso pré vestibular. As duas se encontram por um acaso e começam a conversar. Pontuado por flashes de um possível relacionamento, as duas engajam em uma conversa honesta, passando por detalhes que compõe aqueles momentos.

O Menino Japonês, de Caetano Gotardo (18 min)

Enquanto eu o olhava se afastar, por um momento tive a sensação de que sabia exatamente o que era ser ele. Aquele menino, naquela situação.

Cinco Naipes, de Fabiano de Souza

Sexo, mentiras e cartas. Cinco personagens perdidos entre o desejo e os papéis familiares. Cinco naipes jogados em um labirinto de paixões.

Aquarela – As Cores de uma Paixão, de David Oliveras (106 min)

Quando Danny, um jovem e talentoso artista, chega para a abertura de sua primeira grande exposição, a visão de suas pinturas eróticas liberam lembranças de seu primeiro amor, Carter, um atleta problemático cuja personalidade magnética cativou sua imaginação.

E-mail: cineclubelgbt@gmail.com
Twitter: http://www.twitter.com/cineclubelgbt

Conheça alguns dos filmes mais engajados na luta contra a homofobia

maio 17, 2010

Filadélfia também está na lista

O site Vírgula.com publicou hoje, em comemoração aos 20 anos de luta contra a homo- fobia, uma lista de filmes mais enga- jados do cinema mundial.

O CineclubeLGBT aprovou e reco- menda a dar uma passadinha por lá.

Entre os filmes selecio- nados está o recente “Milk” (2008), de Gus Vun Sant, diretor gay assumido. O filme levou dois oscars, um pela atuação de Sean Penn e outro pelo roteiro de Dustin Lance Black. No filme Penn interpreta Harvey Milk, o primeiro político abertamente gay dos EUA.

O polêmico “Ultrage” também está na lista. O documentário revela informações de políticos homóficos dos EUA que escondem a própria homossexualidade. Dirigido por Kirk Dick, o documentário conta com depoimentos de diversos ativistas norte-americanos como o deputado Barney Frank e Jim McGreevey, ex-governador de New Jersey, e o escritor e ativista Larry Kramer.

Os outros nomes da lista você confere na matéria especial do site Vírgula.