Archive for março \24\UTC 2010

Saiba um pouco mais sobre os filmes do Cineclube desse mês

março 24, 2010

O CineclubeLGBT em março traz uma seleção de curtas da Mostra do Filme Livre. De animação a documentários, a sessão propõe novos olhares sobre a questão LGBT.

Cena do filme A Mais Forte

Cena do filme "A Mais Forte"

Ricky Mastro, diretor do filme “A Mais Forte”, escreveu o roteiro como conclusão do curso de cinema da FAAP. O filme foi finalizado ano passado e conta a história de uma mãe que passa pelo processo de aceitação de seu filhe gay. “Gosto de falar sobre o amor em suas diversas formas”, explica o diretor, “e a idéia do filme começou com a história dos dois meninos, Rafael e Alberto, que se amavam. Como eu acredito que o amor materno é o mais puro de todos eles, o filme conta a história da mãe de Alberto que acaba perdendo seu filho em um acidente”.

A animação “A Descoberta de Luke” marca a diversidade das produções dessa sessão. O diretor Alan Nóbrega produziu o curta em oito meses. “Minha produção trata o gay como um ser humano que está descobrindo a própria vida com todo respeito e dignidade que merece, e infelizmente esta descoberta tem que ser feita sozinha e escondida”, revela. Nóbrega ganhou O Show do Gongo com seu filme anterior “O Meu Primeiro Grande Amor”, o que o incentivou na produção de “A Descoberta…”.

Contemplada pelo projeto “Revelando os Brasis”, a diretora Maria de Lourdes Lezo se baseou em um personagem real de sua cidade para a criação de seu curta: “O Bil (personagem real) é fantástico, ele realmente é benzedor e se fantasia de baiana no carnaval e interpretou a si mesmo no filme”, diz a diretora. Produzido na pequena Taiaçu (SP), cidade de 6 mil habitantes, o filme mostra a diversidade de um país que agora descobre a capacidade criativa do seu interior.

Phedra: protagonista do documentário

O CineclubeLGBT ainda apresenta dois documen- tários: “Phedra”, de Cláudia Priscila, e “Maria de Kalú”, de Carlos Mosca e Ronaldo Nerys. O primeiro é resultado da pesquisa da diretora sobre transsexuais. “Sempre fui encantada com o trabalho e a vida de Phedra e quando estava fazendo a pesquisa achei que seria a personagem ideal para meu curta”, revela a diretora. Já o segundo é um trabalho independente em que foi utilizado recursos dos próprios diretores. Inicialmente tinham a pretensão de contar a história do primeiro bar gay de Campina Grande. “Porém, Maria de Kalú, a proprietária desse bar, se mostrou uma ótima narradora logo na primeira entrevista, ainda na fase de pesquisa, resolvemos então mudar o foco do documentário”, explica um dos diretores Carlos Mosca.

Diversidade de formatos e temas é a marca dessa edição. A liberdade criadora do audiovisual de encontro à causa LGBT. É com grande satisfação que o Cineclube reúne essa seleção de filmes, esperamos todos na sexta (26), as 21 horas, no Cinema Odeon. Não Percam!

Edição Mostra do Filme Livre – 26/03

março 17, 2010

A próxima edição do CineclubeLGBT novamente fará uma parceria com a Mostra do Filme Livre e traz cinco curtas com temas bem livres, de acordo com o espírito da Mostra. Depois da sessão, o DJ GreatGuy continua comandando a pista de dança, com muita paquera e azaração.

Programação de Curtas

A Mais Forte
SP, 2009, 16 min

Pelas chaves de um apartamento, duas mães questionam a própria maternidade.

Direção: Ricky Mastro.

Elenco: Nyrce Levin, Imara Reis, Rodrigo Dorado e Joaquim de Castro.

Maria de Kalú
PB, 2009, 14min

O documentário mostra, através da personagem Maria de Kalú, a felicidade e o amor vencendo convenções sociais, a relação entre mãe e filho homossexuais tendo como pano de fundo o primeiro bar gay de Campina Grande/PB.

Direção: Carlos Mosca e Ronaldo Nerys.

A Descoberta de Luke
RJ, 2007, 2 min

Luke é um rapaz de 18 anos que aventura-se na descoberta de sua própria sexualidade!

Direção: Alan Nóbrega

O Dono do Carnaval
SP, 2008, 15min

Em uma pequena cidade do interior um homem disputa com as mulheres,o direito de se fantasiar de baiana no carnaval. Uma série de mal entendidos leva os moradores a acreditar na morte do personagem,que mesmo dado como morto,não deixa de fazer sua aparição triunfante no desfile.

Direção: Maria de Lourdes Scabine Lezo.

Elenco: Waldomiro Filage e Ricardo Alexandre Corcovia.

Phedra
SP, 2008, 13 min

Documentário sobre uma atriz transsexual cubana que vive em São Paulo.

Direção: Claudia Priscilla.

A MFL, Mostra do Filme Livre, é o principal evento nacional focado na exibição dos filmes independentes. Em 2010, em sua nona edição, vai exibir no CCBB até 8 de abril 219 filmes entre curtas e longas de todos os formatos, gêneros, durações e de qualquer época.

Através do Twitter, @CineclubeLGBT, além de fazermos sorteios de ingressos, também convidamos os nossos seguidores a darem dicas de músicas, que eles mais gostam, para tocar na festa e de filmes que eles gostariam de ver nas telonas.

Local: Cinema Odeon Petrobras
Endereço: Praça Floriano, 07 – Cinelândia Centro – Rio de Janeiro – RJ
Tel: (21) 2240-1093
Data: 26/03
Horário: 21h
Preço:
R$ 12,00 (inteira) e R$ 6,00 (meia)
Ingressos Antecipados: a partir de quarta-feira, 24/03, às 15h

Avatar Cruise

março 1, 2010

Como seria Tom Cruise em Avatar? E aí, ele continuaria gato? O que vocês acham? Iriam para Pandora com ele?