Archive for the ‘filme gay’ Category

Dia 15.04 – Sessão de Meu Nome É Jacque

abril 8, 2016

 

Vai ter CineclubeLGBT em 2016 sim! E dessa vez com festa e debate! O tradicional evento de cinema lgbt volta na sexta-feira, dia 15, para o Cine Odeon com a exibição do documentário ainda inédito Meu Nome é Jacque, de Angela Zoé.

Meu Nome é Jacque conta a história da ativista Jacqueline Rocha Côrtes, mulher transexual e militante para pessoas soropositivas. Portadora do vírus HIV há 21 anos, sua jornada é marcada por desafios e conquistas, como seu papel de representante do governo brasileiro na Organização das Nações Unidas. A partir de sua trajetória, o filme aborda questões como diversidade e o preconceito.

A sessão conta com a presença de Jacqueline e sua família para um bate-papo com a plateia após a sessão. E, em seguida, festa com performance da belíssima drag queen Salomé Zainabu!

A primeira edição do CineclubeLGBT acontece no dia 15 de abril, às 20h30, no Cine Odeon – Centro Cultural Luiz Severiano Ribeiro. Os ingressos já estão à venda. É só clicar aqui. AH! Pelo o evento do Facebook teremos sorteios de ingressos.

“Meu nome é Jacque” é uma coprodução da Documenta Filmes, Globo Filmes e Globonews, com patrocínio da UNAIDS, do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais, da ONU Mulheres e da ANCINE. O filme estreia na Globonews no dia 7 de maio de 2016.

Preço da sessão: R$ 24,00 (inteira) e R$ 12,00 (meia)
Ingressos Antecipados: clique aqui
Local: Cine Odeon – Centro Cultural Luiz Severiano Ribeiro
Dia: 15.04 Horário: 20h30
Endereço: Cinelândia – Rio de Janeiro

Sinopses

 Meu Nome é Jacque, de Angela Zoé

MEU NOME E JACQUE_Still 06_Jacqueline Rocha Cortes_Casa

Brasil, cor, 2016, 72 min, 12 anos.

 

O documentário “Meu Nome É Jacque” aborda a diversidade através da história de vida de Jacqueline Rocha Côrtes, uma mulher transexual brasileira, que vive com Aids há 21 de seus 55 anos. Militante pela causa, Jacque tem a vida marcada por lutas e conquistas como representante do governo brasileiro na Organização das Nações Unidas. Hoje, casada e mãe de dois filhos, mora numa pequena cidade, levando uma vida voltada para a maternidade e a família. Ao acompanhar o cotidiano de Jacque e revisitar sua trajetória, este documentário apresenta os inúmeros desafios que foram rompidos pela personagem, levantando uma reflexão sobre o preconceito, a homofobia e a identidade de gênero.

 

E-mail: cineclubelgbt@gmail.com
Twitter: http://www.twitter.com/cineclubelgbt

Dia 30.10 – Sessão The Rocky Horror Picture Show – A Experiência

outubro 22, 2015

Capa do Evento

Sexy, ousada, sombria e hilária. Tire a fantasia e o glitter do armário e venha comemorar o halloween na sessão mais divertida do universo! Em tempos sombrios de bancadas evangélicas, estatutos da família e afins, é sempre bom fazer uma volta ao tempo! LET’S DO THE TIME WARP AGAIN!

O CinelcubeLGBT junto com a Maison Mon-Amour traz para o Cine ODEON – Centro Cultural Luiz Severiano Ribeiro o icônico clássico The Rocky Horror Picture Show, que comemora este ano seu 40º aniversário, em uma experiência inesquecível:

A obra de Jim Sharman protagonizada por nomes como Tim Curry e Susan Sarandon é exibida na clássica sessão interativa, com direito a chuva de arroz, arminhas d’água, muita cantoria, e performances ao vivo com um SHADOWCAST composto por: Delirious Fenix (como Trixie), Vitor Martinez (como Brad), Renata Figueiredo (como Janet), Carmen Laveau (como Magenta), Penélope Chevalier (como Riff Raff), Krystal Ártemis Havashy (como Columbia), Ursula Mon-Amourr (como Dr. Frank’n’Furter) e Arthur Silveira (como Rocky)

Com ínicio marcado para as 22h, esta edição terá um pré-festa comandada pelo DJ Great Guy, com performances por Verona West Glenn e Kasha Lotte, e distribuição dos deliciosos brownies do Brownie Bistrô! E, após a sessão, tem mais festa até às 03h da manhã com Great Guy, para todos aqueles que quiserem do the time warp por mais um tempinho e aproveitar pra interagir agora com os ex-virgens e transilvanians!

A entrada para essa experiência única é R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia). E todos e todas que apresentarem flyer impresso ou no celular pagam meia! Ingressos Antecipados já a venda na bilheteria do Centro Cultural Luiz Severiano Ribeiro ODEON e pelo ingresso.com.

Entrada: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia) – Todos e todas que apresentarem flyer impresso ou no celular pagam meia!
Ingressos: Ingressos Antecipados já a venda na bilheteria do Centro Cultural Luiz Severiano Ribeiro ODEON e pelo ingresso.com.
Local: ODEON- Centro Cultural Luiz Severiano Ribeiro
Dia: 30.10  Horário: 22h
Classificação: 16 anos
End.: Cinelândia – Rio de Janeiro

Sinopses

The Rocky Horror Picture Show, de Jim Sharman

EUA, cor, 1975, 100 min., 16 anos.
Elenco: Tim Curry, Susan Sarandon, Barry Bostwick

Influenciado pelo matrimônio de um grande amigo, Brad Majors (Barry Bostwick) decide pedir sua noiva, Janet Weiss (Susan Sarandon), em casamento. Antes da cerimônia eles partem em uma viagem de carro, mas acabam se perdendo. Para piorar a situação, o carro quebra e está chovendo bastante. Eles vão até um castelo próximo em busca de ajuda e são recepcionados por Riff Raff (Richard O’Brien), o criado do dr. Frank N Furter (Tim Curry), dono do local. Brad e Janet estranham o visual e o comportamento de todos, sem imaginar que Frank N Furter dedica a vida à libido e o prazer. Seu novo plano é criar um homem musculoso, Rocky (Peter Hinwood), que possa atender aos seus anseios sexuais.

Dia 27.08 – Sessão Especial New Queer Cinema

agosto 17, 2015

logo_full_color_600dpi -RGB

Quem é vivo, sempre aparece. E o CineclubeLGBT aproveita essa máxima e ressurge em grande estilo. Em parceria com a Mostra New Queer Cinema, a primeira edição de 2015 exibe filme de Bruce LaBruce e conta com a presença do diretor! Ah, e a festa volta a rolar no próprio Cine Odeon!

A sessão do CineclubeLGBT, acontece no dia 27, última quinta-feira do mês, às 20h30 com a exibição do longa-metragem de estreia de Bruce LaBruce, No Skin Off My Ass. A obra de 1991 também é protagonizada por LaBruce, que interpreta um cabeleireiro punk solitário que se atrai por um skinhead e o leva para a sua casa. No Skin Off My Ass é um remake em versão gay do filme Uma Mulher Diferente, de Robert Altman, e que já traz uma das características principais de suas obras: ousadas cenas de sexo e muita polêmica.

Após a sessão, a já conhecida festa volta ao Odeon, desta vez com discotecagem do DJ Ber Back. A exibição do filme seguida de festa tem início marcado para as 20h30 e o ingresso custa R$24 (inteira) e R$12 (meia-entrada). Não perca essa incrível sessão. AH! Pelo Facebook, sorteios de ingressos.

A Mostra New Queer Cinema é um evento patrocinado pela CAIXA  e aconteceu na CAIXA Cultural Rio de Janeiro, em São Paulo, está em Fortaleza e vai para Curitiba e Salvador.

Entrada: R$ 24,00 (inteira) e R$ 12,00 (meia)
Ingressos Antecipados: a partir de quarta-feira, 26.08, assim que abrir a bilheteria.
Local: Cine Odeon – Centro Cultural Luiz Severiano Ribeiro
Dia: 27.08 Horário: 20h30
Endereço da sessão: Cinelândia – Rio de Janeiro

Sinopses

No Skin Off My Ass, de Bruce LaBruce

Canadá, p&b, 1991, 73 min.
Elenco: Bruce La Bruce e Klaus von Buecker

Um remake em versão gay do filme “Uma Mulher Diferente”. Um cabeleireiro punk solitário é atraído por um skinhead e o leva para a sua casa.O filme conta com atuações de Bruce, que interpreta o cabeleireiro punk; Klaus von Brücker, como o skinhead por quem o cabeleireiro é apaixonado.

Facebook: https://www.facebook.com/cineclube.lgbt

Dia 29.06 – Sessão de Aniversário

junho 22, 2012

Os desafios são muitos, mas o cineclube sobrevive a mais um ano de vida! E vamos comemorar esta data querida e muitas outras vitórias para a comunidade LGBT em grande estilo!!! A Sessão de Aniversário do Cineclube conta com parceiros mais que necessários e filmes incríveis.

A comemoração tem a presença confirmada do queridíssimo Deputado Federal Jean Wyllys promovendo a campanha pelo Casamento Civil Igualitário. E, para reforçar essa importante iniciativa, o CineclubeLGBT retoma a parceria com o Rio Festival Gay de Cinema, que chega lindo em sua segunda edição, para exibir o longa O Direito de Amar (The Right To Love). O documentário de Cassie Jaye faz um panorama da luta da sociedade LGBT para legitimar a igualdade no casamento, entre outros direitos civis, nos Estados Unidos. Isso a partir dos desafios enfrentados por um casal de gay da Califórnia e seus dois filhos adotivos.

A Sessão ainda conta com dois curtas, frutos da tradicional parceria com o FEMINA – Festival Internacional de Cinema Feminino, cuja programação está imperdível. No colombiano Quem Me Diz O Que É O Amor? (Quien me dice que es el Amor?), a monogamia é posta em xeque com uma análise das transformações do relacionamento, por meio da exposição da vida conjugal da diretora do curta Paula Fernanda Sanchez e sua esposa Sophia. Já Garotas da Moda, Tuca Siqueira retrata a história da banda homônima de travestis da Zona da Mata pernambucana.

A noite fecha bombada com o nosso VJ ursão Great Guy mandando o top do pop na festinha pós-sessão.

O Rio Festival Gay de Cinema começa no mesmo dia da Sessão de Aniversário do CineclubeLGBT, 29 de junho, e o que rola você confere aqui. O FEMINA – Festival Internacional de Cinema Feminino, começa dia 03 de julho e a programação completa você encontra aqui. Fiquem atentos: pelo Twitter @CineclubeLGBT e pelo Facebook, sorteios de ingressos.

Preço: R$ 18,00 (inteira) e R$ 9,00 (meia)
Ingressos Antecipados: a partir de quinta-feira, 28.06, às 15h
Local: Cinema Odeon Petrobras
Dia: 29.06    Horário: 21h
End.: Cinelândia – Rio de Janeiro Tel: 21.2240.1093

Sinopses

Quem me diz o que é o amor? (Quien me dice que es el Amor?), de Paula Fernanda Sanchez

Colombia, digital, cor, 2011, 5 min.

A cultura tem nos ensinado formas e regras de amor, mas o amor e o desejo não dormem juntos na mesma cama. Paula mostra claramente o tema difícil sobre a transformação que qualquer relacionamento amoroso e relação à dois sofre. Neste caso, sua própria relação com Sofia: o amor de sua vida, nos contando com honestidade seu receio de perder a casa que elas construíram com sua filha de 14 anos de idade, Gabriela, e ao mesmo tempo, questionam a monogamia como um método controlador sobre o desejo e o amor. A possibilidade de outros amores está sempre presente. Tornar isto real significa necessariamente deixar de amar? Ou é uma questão de amar com liberdade e sem medo?

 

Garotas da Moda, de Tuca Siqueira

Brasil, digital, cor, 2012, 20 min.
Elenco: Grupo musical “Garotas da Moda”

Que histórias guardaria um lugar considerado por seus personagens “o interior do mundo”?

Que personagens nasceriam de parabólicas fincadas sobre as plantações de cana-de açucara da Zona da Mata pernambucana? “Garotas da Moda”  trata de um sonho para cinco.

 

O Direito de Amar (The Right to Love), de Cassie Jaye

EUA, digitl, cor, 2012, 90 min.
Elenco: Denise Miney, Justin R. Cannon, Bryan Leffew, Jay Leffew

Uma Família Americana narra a luta de um casal gay da Califórnia e seus dois filhos adotivos contra a ignorância, discriminação e ódio através de vídeos caseiros postados em seu canal do YouTube, Family Values Gay. Enquanto eles perseguem seu Sonho Americano, as opiniões políticas, sociais e religiosas contrárias que impregnam a sociedade e fazem de tudo para tirar esse sonho deles.

E-mail: cineclubelgbt@gmail.com
Twitter: http://www.twitter.com/cineclubelgbt
Lista Amiga: http://listaamiga.com/cineclubelgbt

Dia 27.04 – Sessão Trash

abril 21, 2012

O CineclubeLGBT decreta: nesta estação o Trash is the new black. Por isso, a próxima edição do evento de cinema gay mais “chuchu beleza” do Rio vem toda montada no brilho e na cor, no amor e no poder! E a Sessão Trash celebra o que tem de melhor (?) nessa estética tão irreverente quanto bizarra.

Para confirmar a tendência, o Cineclube traz a babá mística e fashionista Mary Poppers – Uma Babá do Babado, curta de Sandra Brogioni.  E como toda moda exige um vocabulário do momento, aprenda as expressões que estão em alta com os divertidíssimos GLOSSário e GLOSSário – 2ª lição, de FaBinho Vieira. Também em cartaz está Ludmilo My Baby, de Luiz Fernando Borges, com suas relações familiares e amorosas bem, digamos, diferenciadas, mostrando que estranho e fora do comum é tudo uma questão de ponto de vista.

Como toda onda retrô tem seu lugar garantido a cada temporada, os anos 90 vem com tudo em A Bicha de Blair, sátira do clássico “noventista” A Bruxa de Blair. Também tem os anos 70, com o saudosista e hilário Panteras Fora do Armário, mostrando um lado desconhecido das Charlie’s Angels.

E, claro, por se tratar de uma estética de gosto um tanto duvidoso, a polêmica não poderia ficar de fora e vem com o curta Novembro Paralelo, de Ivan Ribeiro, uma versão vingativa do ataque homofóbico na Avenida Paulista.

Mas não é só isso! Muitos outros curtas estão programados, além da tradicional festa pop, cheia de glitter, paetê, paquera e azaração comandada pelo VJ Great Guy.

O CineclubeLGBT começa às 21h e acaba às 2h. Pelo Twitter @CineclubeLGBT, além de sorteios de ingressos, nossos seguidores são convidados a darem dicas de músicas para tocar na festa, e de filmes que gostariam de ver nas telonas.

Preço: R$ 18,00 (inteira) e R$ 9,00 (meia)
Ingressos Antecipados: a partir de quinta-feira, 26.04, às 15h
Local: Cinema Odeon Petrobras
Dia: 27.04 Horário: 21h
End.: Cinelândia – Rio de Janeiro Tel: 21.2240.1093

SINOPSE

GLOSSário, de FaBinho Vieira

Ceará, digital, 2008, 2 min.
Elenco: Bernardo Vitor e Jomar Carramanhos

Alicia e Verónica são suas professoras em uma aula diferente, num lugar inusitado. Esteja bem à vontade com essas duas para que o aprendizado ocorra de maneira tranquila, relaxada e beeem gostosa…

Mary Poppers – Uma Babá do Babado, de Sandra Brogioni

São Paulo, digital, 2001, 20min.

Mary Poppers é uma dog sitter com poderes mágicos que, além do amor pelos animais, adora ajeitar a vida das pessoas. Mas ela guarda um misterioso segredo.

 

Überchuca, de Rafael Saparelli

São Paulo, digital, 1min 50s.
Elenco: Rafael Saparelli, Mario Gomes, Jurandir Souza e Silva, Leonardo Maestrelli

Vídeo sátira dos anúncios dos canais de venda da televisão aberta (Polishop)

Ludmilo, My Baby, de Luiz Fernando Borges

Rio de Janeiro, digital, 2010, 15 min.
Elenco: Jarbas Albuquerque, Jonathan Azevedo, Kati Pinto

Uma psico crônica social, que conta a estória de uma mãe, Elvira, vivendo com seu filho, Ludmilo e o namorado deste, Dos Reis, em uma kitchenette de Copacabana. Elvira e Dos Reis se antagonizam apesar das tentativas conciliatórias de Ludmilo. A relação dos personagens chega ao clímax durante uma feijoada preparada por Elvira.

BIXTEL, de Rafael Saparelli

São Paulo, digital, 1min.
Elenco: Lindomar

Vídeo sátira do comercial da Nextel.

A Bicha de Blair, de Sandra Brogioni

São Paulo, digital, 1999, 10min.

Uma paródia gay do filme A Bruxa de Blair. Vencedor do primeiro Show do Gongo do Mix Brasil

Come, de Sandra Brogioni

São Paulo, digital, 2000, 1min 45s.

Um clipe anti-violência, usando cenas de luta de MMA. A música é uma versão de “Call Me” de Chris Montez. Vencedor do Show do Gongo do Mix Brasil

Novembro Paralelo, de Ivan Ribeiro

São Paulo, digital, 2011, 12min.
Elenco: Silvetty Montilla, Michelly Summer, Stefany di Bourbon, Clayton Sangregorio, Fabio Ramos,
Marcio Tito Pellegrini, Carlos Venâncio, Hugo Zanardi e Rodrigo Duarte. 

Em 14 de novembro de 2010 um ato de intolerância chocou o Brasil, porém em novembro de um 2010 alternativo, na manhã daquele fatídico domingo os acontecimentos tomaram um rumo diferente.

Panteras Fora do Armário, de Sandra Brogioni

São Paulo, digital, 2001, 6min.

Três antigos episódios da série hit dos anos 70 “As Panteras”  serviram de base para uma dublagem de um “novo” episódio em que Sabrina e Kelly assumem que são bem mais que apenas colegas de trabalho.

Furico li, Furico lá, de Sandra Brogioni

São Paulo, digital, 2009, 4min.

Video musical em que um proctologista se queixa dos homens que chegam em seu consultório com lesões provocadas por caídas sobre estranhos objetos.
Vencedor do show do Gongo do Mix Brasil.

GLOSSário, 2ª lição, de FaBinho Vieira

Ceará, digital, 2011, 3 min.
Elenco: Bernardo Vitor, Denis Lacerda, Jomar Carramanhos e Silvero Pereira.

Dando continuidade à primeira lição, desta vez Alicia e Verónica estão acompanhadas de Deydianne e Gisele. Juntas, elas completarão seu aprendizado, em uma aula dinâmica e cheia de graça!

E-mail: cineclubelgbt@gmail.com
Twitter: www.twitter.com/cineclubelgbt
Lista Amiga: http://listaamiga.com/cineclubelgbt

Dia 27.01 – Começando o ano

janeiro 20, 2012

Eis que chegamos a mais um novo ano. As ondas foram puladas, as sementes de uvas engolidas, as promessas feitas e outras simpatias foram realizadas. Agora é hora de entrar com tudo e com o pé direito na badalada vida cultural carioca curtindo o primeiro CineclubeLGBT de 2012, no dia 27, próxima sexta-feira, às 21h, no Cinema Odeon.

E, atenção, é muito importante que todos os frenquentadores e admiradores deste evento dedicado ao cinema e ao público LGBT estejam presentes e tragam seus amigos a esta edição, para que o Cineclube continue acontecendo, pois dentro da atual conjuntura, está correndo o risco de deixar de acontecer. Precisamos lutar para que ele permaneça por muitos anos mais – se o mundo não acabar em 2012 né!

E para brindar o nosso amado público e tornar fiéis os novatos da sessão, trouxemos cinco emocionantes produções do cinema nacional. O frescor da adolescência está em cartaz com o delicado A Arte de Andar pelas Ruas de Brasília, sobre as descobertas e os sentimentos de duas amigas. E também com a tensão afetiva entre dois jovens torcedores, durante um jogo de futebol em A Vida Íntima de Cícero e Clóvis.

Dando destaque para o debate e a reflexão, o Cineclube exibe, ainda: o premiadíssimo Ensaio de Cinema, de Allan Ribeiro, uma reflexão da sétima arte sobre a intimidade de um casal de homens interpretada e captada pelos enquadramentos de câmera; o bombado Não Gosto dos Meninos, que traz o relato de brasileiros de todos os cantos que… um dia se descobrem homossexuais. E, em homenagem a eterna Rose Bombom, temos Chá das Cinco, um bate-papo informal e pertinente entre as drags que animam a noite carioca Kayka Sabatella, Suzy Brasil, Desireè e as saudosas Rose  e Narayana de Lucca.

A animação da noite continua com o sorteio do DVD The Beyoncé Experience Live! E, claro, com a festa pop, cheia de paquera e azaração comandada pelo VJ Great Guy.

O CineclubeLGBT começa às 21h e acaba às 2h. Pelo Twitter @CineclubeLGBT, além de sorteios de ingressos, nossos seguidores são convidados a darem dicas de músicas para tocar na festa, e de filmes que gostariam de ver nas telonas.

 

Preço: R$ 18,00 (inteira) e R$ 9,00 (meia)
Ingressos Antecipados: a partir de quinta-feira, 26.01, às 15h
Local: Cinema Odeon Petrobras
Dia: 27.01 Horário: 21h
End.: Cinelândia – Rio de Janeiro Tel: 21.2240.1093

SINOPSE

Chá das Cinco, de Raphael Lemos

Rio de Janeiro, digital, 2005, 17 min.

Cinco famosas “Drags” se encontram para tomar um chá. Através de um jogo é que a conversa entre elas acontece. Em saquinhos de chá perguntas são colocadas e feitas por elas aleatoriamente.

Não Gosto dos Meninos, de André Matarazzo e Gustavo Ferri

São Paulo, digital, 2011, 18 min

Não Gosto Dos Meninos é um projeto inspirado na campanha internacional “It Gets Better” que reuniu, durante 12 horas, 40 pessoas de backgrounds e histórias de vida completamente distintas com um objetivo comum: se mostrar.

 

A Vida Íntima de Cícero e Clóvis, de Thiago Villas Boas

São Paulo, digital, 2002, 3 min.
Elenco: João Paulo Lorenzon e Daniel Warren

“Dois peixes num aquário. Dois amigos num quarto. Um jogo de futebol. Hummm…”

A Arte de Andar pelas Ruas de Brasília, de Rafaela Camelo

Brasília, digital, 2011, 17 min.
Elenco: Ângela Amorim, Joana Lapa

Duas garotas se encontram na cidade.

Ensaio de Cinema, de Allan Ribeiro

Rio de Janeiro, digital, 2009, 16 min.
Elenco: Gatto Larsen, Rubens Barbot

Ele dizia que o filme começava com uma câmera muito suave, com um zoom muito delicado, e avançava em busca de Barbot.

 

E-mail: cineclubelgbt@gmail.com
Twitter: http://www.twitter.com/cineclubelgbt
Lista Amiga: http://listaamiga.com/cineclubelgbt

 

Baby Love – Dia 16.12 – 21h

dezembro 10, 2011

E num piscar de olho, mais um ano se passou! Para comemorar em grande estilo este mês tão festivo e este ano de muito sucesso ao nosso evento, o último CineclubeLGBT do ano traz uma programação imperdível.

Aproveitando as conquistas do movimento gay no Brasil e tendo em vista o muito que ainda se tem a evoluir, na próxima sexta-feira, dia 16 de dezembro, o Cineclube exibe o grande sucesso francês Baby Love, de Vincent Gareq.

A história relata os percalços e obstáculo do pediatra homossexual Emmanuel (Lambert Wilson), que decide ter um filho mesmo com a resistência do namorado, Philippe (Pascal Elbé). Para isso, ele conta com a ajuda da jovem Josefina  (Pilar López De Ayala), disposta a ser barriga de aluguel de Emmanuel. Uma surpreendente e irresistível comédia-dramática elogiada pela crítica e que marca a estréia de Gareq no cinema.

E a noite fica ainda mais animada com o sorteio de brindes. Dessa vez, além de outras surpresas, sortearemos a primeira temporada de True Blood! E, claro,tem a festa com muita música pop, paquera e azaração comandada pelo VJ Great Guy.

O CineclubeLGBT começa às 21h e acaba às 2h. Pelo Twitter @CineclubeLGBT, além de sorteios de ingressos, nossos seguidores são convidados a darem dicas de músicas para tocar na festa, e de filmes que gostariam de ver nas telonas.

Preço: R$ 18,00 (inteira) e R$ 9,00 (meia)
Ingressos Antecipados: a partir de quinta-feira, 15.12, às 15h
Local: Cinema Odeon Petrobras
Dia: 16.12 Horário: 21h
End.: Cinelândia – Rio de Janeiro Tel: 21.2240.1093


SINOPSE

Baby Love (Comme les Autres), de Vincent Garenq

França, 35mm, 2008, 90min
Elenco: Lambert Wilson, Pilar López de Ayala, Pascal Elbé, Anne Brochet

Emmanuel (Lambert Wilson) e Phillipe (Pascal Elbé) são um casal que combinam em tudo. Ou quase tudo. Emmanuel sonha em ser pai, Phillipe não. O problema começa quando Emmanuel decide procurar por uma pessoa que esteja disposta a ser barriga de aluguel de um gay. Sem o apoio de Phillipe, ele corre o risco de perdê-lo para sempre.

E-mail: cineclubelgbt@gmail.com
Twitter: www.twitter.com/cineclubelgbt
Lista Amiga: http://listaamiga.com/cineclubelgbt

Dia 25.11 – Sessão Mix Brasil – 21h

novembro 18, 2011

Ei cineclubistas do Rio, estão tristes porque estão perdendo a edição do Mix Brasil em São Paulo? Então venham ao CinclubeLGBT deste mês!!

Integrando a programação do 19º Festival Mix Brasil da Diversidade Sexual no Rio de Janeiro, o CineclubeLGBT, em parceria com a CavIdeo, traz para a tela do Cinema Odeon o mais novo sucesso do cinema carioca: Vamos Fazer Um Brinde, dirigido por Cavi Borges e Sabrina Rosa.

Com muita simplicidade, a produção narra o encontro de seis amigas, duas lésbicas e um gay na noite de Réveillon. A partir dessa reunião, o filme, ainda inédito nas salas de cinema, faz uma reflexão sobre os laços de amizade e sobre o indivíduo em grupo.

E tem mais. A sessão ainda conta com a exibição dos curtas-metragens vencedores nas categorias Voto de Público e Melhor filme pelo Júri Oficial do Mix Brasil, que ocorreu em Sampa.

Encerrada a sessão, a noite fica por conta da novidade com o DJ espanhol Xavi Alfa que animará a pista dança com um som de primeira! Ou seja, mais uma edição imperdível!

Entrada: R$18,00 (inteira), R$9,00 (meia)
Ingressos: a partir de 24.11, quinta-feira
Local: Cinema Odeon Petrobras
Dia: 25.11 Horário: 21h00
Classificação: 16 anos
End.: Cinelândia – Rio de Janeiro Tel: 21.2240.1093

Sinopse

Vamos Fazer Um Brinde, de Cavi Borges e Sabrina Rosa.

Rio de Janeiro, digital, 2011, 70 min.
Elenco: Roberta Rodrigues, Juliana Alves, Cíntia Rosa, Ana Miranda, Keruse Bongiolo, Roberta Santiago, Fabrício Santiago e Sabrina Rosa.

Numa noite de Reveillón, 7 amigos se reencontram para brindar suas histórias.

E-mail: cineclubelgbt@gmail.com
Twitter: www.twitter.com/cineclubelgbt
Lista Amiga: http://listaamiga.com/cineclubelgbt

Dia 29.04 – Sessão Trash

abril 20, 2011

Quem disse que trash só se traduz por lixo? O Cineclube LGBT deste mês vem provar que isso não é verdade. No próximo dia 29 (sexta-feira), a despretensão e o inusitado invadem a sala do Odeon na Sessão Trash do cineclube.

Com início marcado para as 21h, o evento traz pérolas da estética consagrada pelos filmes de terror, com temáticas gays.  Premiados no festival Mix Brasil, o curioso Os Clubbers Também Comem e o “terrir” Serial Clubber Killer trazem o universo clubber para a tela do cinema.

Já a fuga é tema central dos curtas Selma & Denise, uma irreverente versão do clássico Thelma & Louise, com Geena Davis e Susan Sarandon, e o almodovariano As Fugitivas, vencedor de melhor roteiro no Mix Brasil.

A sessão ainda conta com os conflitos sexuais e de relacionamento de A Cama do Tesão.

Rose Bombom nos mostrará o lado live action do termo trash e, claro, após a sessão, o VJ GreatGuy é quem faz a festa, comandando uma pista de dança com muita paquera e azaração e o melhor da música pop.

E não se esqueçam que, pelo Twitter @CineclubeLGBT, além de serem feitos sorteios de ingressos, nossos seguidores são convidados a darem dicas de músicas para tocar na festa, e de filmes que gostariam de ver nas telonas.

Preço: R$ 14,00 (inteira) e R$ 7,00 (meia)
Ingressos Antecipados: a partir de quarta-feira, 27.04, às 15h
Local: Cinema Odeon Petrobras
Dia: 29.04 Horário: 21h
End.: Cinelândia – Rio de Janeiro Tel: 21.2240.1093

SINOPSES

Os Clubbers Também Comem, de Lufe Steffen

São Paulo, digital, cor, 1999, 10 min
Elenco: Rodolfo César, José Mário, Clessius Renato e Kiko Araújo

Tudo pode acontecer quando uma nova moda surge na noite gay paulistana. Se você acha que já viu tudo em matéria de mundo clubber, prepare-se…você vai descobrir que os clubbers também comem.

Serial Clubber Killer, de Duda Leite & Gigi Mathias

São Paulo, digital, cor, 1994, 15 min.
Elenco: Marcão Morcerf, Sônia Ushyama, Johnny Luxo

Um serial killer descontrolado sai pelas ruas de São Paulo assassinando clubbers. Uma homenagem às avessas a noite de São Paulo, do início da década de 90.


A Cama do Tesão, de Lufe Steffen

São Paulo, digital, cor, 2000, 20 min
Elenco: Tito Guerra, Rodrigo Fuentes, Maria Dressler e Juliana Sanchez

Uma velha cama de casal, herdada de uma avó falecida, causa tumulto e conflito sexual na casa de Dinho e seus amigos. Diante da cama, desejos e sexualidades vêm à tona.

Selma & Denise, de Duda Leite e Gigi Mathias

São Paulo, digital, cor, 1995, 8 min
Elenco: Marcelona, Mary Moore

Versão “trash” do clássico “Thelma & Louise”. Selma & Denise são duas lésbicas assassinas, tentando rever suas vidas e seus traumas do passado.

As Fugitivas, de Otavio Chamorro

São Paulo, 35mm, cor, 2007, 13 min.
Elenco: Hugo Cabral, Eduardo Dutra e Marisa Castro

Quando Pedro descobre que sua mãe desviava o dinheiro que seu pai lhe mandava, ele convence o namorado a fugir com ele para viverem felizes para sempre. Mas os dois não sabiam que intempéries do destino atrapalhariam a fuga do casal apaixonado.

E AINDA: participação especialíssima de Rose Bombom


Contatos:
E-mail: cineclubelgbt@gmail.com
Twitter: www.twitter.com/cineclubelgbt
Lista Amiga: http://listaamiga.com/cineclubelgbt

Dia 26.11 – O MELHOR do 18º Festival MIX BRASIL no CineclubeLGBT!

novembro 13, 2010

Depois da Parada LGBT do Rio de Janeiro, teremos o CineclubeLGBT de novembro que está simplesmente imperdível! Dia 26, às 21h, no Cinema Odeon, o cineclube, em parceria com o 18º Festival Mix Brasil de Cinema da Diversidade Sexual, vai exibir o que teve de MELHOR no festival! A sessão inicia com o filme peruano “Contracorrente“, de Javier Fuentes-León, o mais votado pelo público durante o Festival de Sundance 2010 e selecionado por seu país para concorrer ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. Além do longa, que estreiou em São Paulo na abertura do Mix, os cariocas poderão conferir os melhores filmes escolhidos pelo Júri Popular e pelo Júri Oficial do festival. E claro, no final o DJ Great Guy comanda a pista com o melhor do pop mundial.

Pelo Twitter@CineclubeLGBT, além de serem feitos sorteios de ingressos, nossos seguidores são convidados a darem dicas de músicas para tocar na festa, e de filmes que gostariam de ver.

Dia: 26.10 Horário: 21h
Preço: R$ 12,00 (inteira) e R$ 6,00 (meia)
Ingressos Antecipados: a partir de quarta-feira, 24.11, às 15h
Local: Cinema Odeon Petrobras • End.: Cinelândia – Rio de Janeiro • Tel: 21.2240.1093

SINOPSE

Contracorrente (Contracorriente), de Javier Fuentes-León
Peru/Colômbia/França/Alemanha, Digital, Cor, 2010, 102min

Miguel (Cristian Mercado) é um homem respeitado na vila de pescadores onde vive com sua esposa Mariela (Tatiana Astengo), que está grávida do primeiro filho do casal. Embora viva bem com a esposa, Miguel tem um caso secreto com um artista forasteiro, Santiago (Manolo Cardona), chamado pelas costas pelo povo do vilarejo de ‘Príncipe Encantado’. Quando a história toma um rumo sobrenatural, Mariela começa a questionar Miguel, que eventulmente terá de decidir se é homem suficiente para assumir a sua sexualidade. A fotografia de Maurício Vidal revela a beleza pouco conhecida da costa peruana, que serve como pano de fundo para as emoções vividas pelos três protagonistas, interpretados por atores sul-americanos de primeira linha. Em seu filme de estreia, Javier Fuentes-Leon arrebata o espectador que facilmente se deixa levar por esse romance transcedental com sensibilidade latina.

UPDATE! CONHEÇA OS VENCEDORES DO 18º MIX BRASIL!

Eu Não Quero Voltar Sozinho, de Daniel Ribeiro
São Paulo, Cor, 2010, 17 min

Leonardo é um adolescente cego que vê sua rotina mudar com a chegada de um novo aluno em sua escola. Ao mesmo tempo que lida com os ciúmes de sua melhor amiga, Leonardo vivencia com Gabriel a descoberta do amor.

O Bolo, de Robert Guimarães
Rio de Janeiro, Cor, 2010, 17 min

Dirce é uma doméstica evangélica que vira do avesso ao comer um pedaço de bolo de aniversário. De uma hora pra outra, ela vê sua sensualidade reprimida aflorar e nem mesmo seu patrão escapa quando sobe o fogo. O que ela não sabe é que o patrão é gay e que o tal bolo de aniversário é de maconha!